Retalhos da nossa História (25)

A INSTAURAÇÃO DA REPÚBLICA

 

José Monteiro da Costa, o segundo presidente do FC do Porto, era um republicano convicto e não escondeu a sua alegria quando, a 5 de Outubro de 1910, a Monarquia caíu. 

Curiosamente, por uma questão de credibilidade, foi decidido que se deveriam manter as cores azuis e brancas do clube. Não fazia sentido estar a alterar as cores das camisolas só porque o regime político em Portugal tinha mudado. Essas cores, recorde-se, tinham sido escolhidas por serem as mesmas da bandeira nacional. E como dizia José Monteiro da Costa, «tinha esperança de que o futuro clube havia de ser grande, não se limitando a defender o bom-nome da cidade, mas também o de Portugal em pugnas desportivas contra estrangeiros».

Em finais desse ano de 1910, responsáveis do FC do Porto e do Benfica combinam o primeiro jogo entre os dois emblemas e chegam a acordo quanto à data: 5 de Março de 1911.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s