Eu portista me confesso

Desde que me conheço sou do FC Porto. Já experimentei todas as sensações pelo meu clube.

Lembro-me de ter chorado pela primeira vez por causa do meu clube, num célebre  Barcelona – FC Porto, salvo erro de 1985, onde fomos “roubados” ao máximo. Estava em casa a ouvir o relato e não consegui conter as lágrimas.

Também experimentei muitos momentos de alegria (felizmente bem mais), como na época seguinte quando nos sagramos campeões europeus.

Adoro o meu FC Porto.

Mas além de portista, tenho muito orgulho na terra onde nasci. Valongo.

Nascido na Rua Sousa Paupério, ali ao pé da igreja matriz, desde sempre aprendi o que era o ser Valonguense. Amo a minha terra e as minhas gentes.

Em Valongo respira-se hóquei por todos os poros. As conversas de café centram-se nessa modalidade e não no futebol. Aqui o futebol passa completamente para 2º plano.

Ontem o meu clube de coração discutia o título de campeão nacional com o clube da minha terra. 

Que me desculpem, mas ontem fui ao pavilhão, assistir aquele enorme jogo, e torcer pelo meu Valongo.

Não acho que seja menos portista por isso, mas só quem é de Valongo é que sabe o que é o hóquei em patins para as nossas gentes.

Temos uma tradição enorme nesta modalidade. Somos a cidade do hóquei, e ontem finalmente fomos campeões nacionais.

Foi muito bonito, ver adeptos de um lado e do outro a apoiarem o seu clube, sem incidentes de maior. Foi um espetáculo bonito.

Pensei muito se deveria escrever este post, visto este ser um blog de apoio ao FC Porto, mas eu não apoio menos o meu clube por causa do amor que tenho à minha terra. 

Quem é de Valongo e torce por outro clube (seja o FC Porto, ou qualquer um dos outros dois de Lisboa) sabe do que falo.

Somos uns orgulhosos Valonguenses.

Advertisements

3 thoughts on “Eu portista me confesso

  1. Sou Valonguense e sei perfeitamente do que falas. Aliás, acho mesmo que ontem, em toda a cidade, não havia um único portista local que não fosse verde e preto durante o jogo!

  2. como portista, custa-me sempre perder;
    mas depois de ler este (teu) post apetece-me escrever:
    parabéns ao (teu) valongo, assim como aos valonguenses;
    saúdinha-da-boa, éme.

  3. Pingback: Para onde caminhas FC Porto? | BiTri

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s