O vento, o casamento, o gato e o rato

Há um ditado popular, sobre o vento e sobre o casamento, que todos conhecemos, e que diz respeito aos nossos vizinhos castelhanos. De vez em quando, lá vem à baila o dito cujo. O nosso clube contratou um treinador espanhol, e vários são já os futebolistas oriundos de Espanha a treinarem no Olival. Parecem-me boas aquisições. Por outro lado tenho gostado do discurso do treinador. Firme, assertivo, exigente, e pouco dado a conversa da “treta”, nomeadamente com a comunicação social. A propósito da ausência do Varela, rematou logo, dizendo que o jogador tinha pedido para sair, e portanto assunto arrumado. Estamos expectantes, mas talvez também um pouco desconfiados. É natural. Mas lembrei-me de outro ditado, este de Deng Xiaoping, dirigente chinês que levou àquele país a economia de mercado, que disse “não interessa a cor do gato, desde que ele cace ratos”.
Será que com Lopetegui voltaremos ao topo? A ver vamos.

Os meus receios

Estamos em Julho e, contrariamente ao habitual, eu não estou temeroso do final da “janela” de transferências que se encontra num ainda longínquo 31 de Agosto.

Ando feliz da vida, e como eu, julgo que a maioria dos portistas, com as contratações de qualidade acima da média, que o Clube tem feito até aqui.

Não me preocupa se é por empréstimo, com opção de compra ou não, nem tampouco estou muito preocupado com o dinheiro gasto, por 3 simples razões:

1 – Sou sócio do FC Porto clube e não da SAD;

2 – Porque somos o Clube, dos 3 grandes, que oficialmente está em melhor situação financeira;

3 – Porque sem o alarido doutras zonas mais circulares, fomos vendendo bem os direitos (não gosto do termo “vender jogadores”) dos atletas que sairam e, embora naquelas megalómanas paragens, ainda se incluam nesta altura valores obtidos em Janeiro (concerteza para satisfazer o ego e acalmar as hostes…) não contabilizamos ainda os que estão para sair, portanto poderemos dizer que terá sido um fim de época financeiramente bom, para aqueles que se preocupam com essas coisas. Eu como disse, preocupo-me com o desempenho da equipa no campo!

Por isso, considero muito mais importante, que “os dinheiros”, o primeiro passo: a construção da equipa.

Julgo que, por aquilo que vou lendo aqui e ali, nesse aspecto, tem o FCP um homem à altura!  Continue reading

Lopetegui vais ter muito trabalho.

Pois é meus amigos, pelo que vi hoje no jogo da apresentação do nosso plantel, percebi que temos jogadores mas não temos equipa ainda.
Uma primeira parte com um futebol em velocidade, à imagem do que JL quer mas sem grandes oportunidades de golo, com destaque para uma boa cavalgada de Herrera, culminada com um bom remate à entrada da área para uma boa defesa do GR francês.
Destaco ainda para alguns bons pormenores do jovem Oliver Torres, a prometer coisas boas para o futuro, e a maturidade demonstrada por Rúben Neves.
Na segunda parte e já com muitos dos “reforços” em campo, e mesmo com a desculpa da falta de entrosamento, foi muito mal jogada pelo nosso clube. Lopetegui vai ter muito que trabalhar este plantel. Tem matéria prima mas ainda não tem uma equipa.
Vamos aguardar pelos próximos jogos para ver se a coisa melhora.
Uma última palavra para o meu amigo Ricardo, rapaz,  mesmo de férias sigo sempre o nosso FC Porto.

Foi Mágico!

Deco

Foi um espetáculo digno de se ver este jogo de homenagem ao nosso mágico. Não só pela constelação de estrelas que estiveram no relvado, mas por voltar a ver o nosso Dragão cheio de portistas e por todo o ambiente de festa que se viveu dentro daquelas duas horas e qualquer coisa que durou a festa.

Vibrei com as defesas do Baía (que saudades), dos cortes irrepreensíveis de Jorge Costa, do espírito lutador de Derlei (em muito boa forma física), do sentido de oportunidade de Mc Carthy, do toque de bola fabuloso do nosso número 10, etc, etc, etc…

O resultado aqui é o que menos interessa, mas fica para a história a igualdade a quatro bolas, com Deco a marcar pelos dois clubes.

Foi bom, muito bom mesmo. Foi especial rever todos aqueles craques que aprendi a admirar. É daqueles jogos que por mim podiam durar mais tempo que eu não me importava nada.

Obrigado FC Porto, obrigado Deco, obrigado Barcelona por este momento que vivi. Jamais me esquecerei.

 

Jogo de Homenagem ao Deco

homenagem ao Deco

É já na próxima sexta feira o jogo de homenagem ao nosso mágico, e a fazer fé na lista apresentada hoje pelo jornal ojogo, será uma verdadeira constelação de estrelas que estará presente no nosso Estádio do Dragão.

E eu lá estarei.

André Silva

andre silva

André Silva, jovem jogador da nossa seleção de sub 19, fez hoje um poker (marcou quatro golos) no jogo contra a Hungria na vitória por 6-1 da equipa de todas nós.

Sabem de quem é este jovem jogador? É nosso, é do FC Porto. Espero que seja dada a devida atenção à evolução deste miúdo, que se foi destacando ao longo da época no seu escalão e que agora surge a fazer o que fez hoje no europeu de sub-19.

Nós temos matéria prima. É preciso é apostar nela.

Parabéns miúdo!

O que significa?

Helton

Foi com esta mensagem enigmática numa rede social que o nosso grande capitão, Helton Arruda deixou todo o universo portista a imaginar mil e uma coisas.

Será o abandono ao futebol profissional? Será o abandono ao nosso clube? Será outra coisa qualquer?

Não faço ideia do motivo, mas se for uma das duas primeiras que aventei, só tenho de agradecer tudo o que fez por nós.

Sempre foi um profissional a 100%, um grande capitão e um grande ser humano.

Caso seja isso, Helton, nosso grande capitão, desejo-te toda a sorte do mundo.

Eu também quero que ele vá!

defour

 

Pelo que parece os holandeses do PSV Eindhoven estão interessados e segundo Philip Cocu (treinador do PSV), Defour também está interessado em mudar de ares.

Quanto a mim sou da mesma opinião do belga. Também quero que ele vá. Seja para o PSV, seja para o Carcavelinhos, ou para onde melhor lhe aprouver.

Para mim foi uma desilusão. Pensei que fosse melhor jogador do que é. Fala muito mais do que joga, se for suplente amua, quando é titular nada faz para merecer tal confiança e torna-se um elemento destabilizador dentro do plantel.

Posto isto, reafirmo o que disse antes. Defour tu queres ir para o PSV, e eu também quero que saias do FC Porto o mais rápido possível.

A mim não deixas saudades.