Pai Natal chegou mais cedo à Ucrânia

painatal

O que dizer de um jogo em que jogamos bastante bem, talvez a melhor exibição da época até ao momento na minha opinião, mas que falhamos uma grande penalidade, e oferecemos dois golos completamente estúpidos e imbecis ao adversário?

Empatamos de uma forma idiota mesmo. Fomos incomparavelmente superiores ao adversário, criamos imensas oportunidades, mas apenas saímos com um ponto da Ucrânia.

Foi um jogo muito conseguido por parte do nosso clube, jogando em velocidade, com muita personalidade, e a criarem imensas oportunidades, o que até nem tem sido no normal neste Porto de Lopetegui.

Do outro lado estava uma equipa também muito rápida e tecnicista, mas a ser bem travada pela nossa defesa.

Dominamos perfeitamente a primeira parte e até podíamos ter saído para o intervalo em vantagem, não tivesse Brahimi falhado uma grande penalidade, penalidade essa que nos veio a fazer muita falta.

A segunda parte começa como terminou a primeira, com o nosso clube a controlar perfeitamente o adversário e a criar oportunidades de golo, até que apareceu a imbecilidade de Óliver. Já tinha prometido antes com sucessivas tentativas de sair com a bola jogável em zonas nada aconselháveis para tal, e como diz o ditado, tantas vezes o cântaro vai à fonte que um dia fica lá. Perdeu a bola, permitindo que o adversário atingisse a vantagem no marcador.

A partir daí Lopetegui corrige o erro (mais um) inicial, tirando Aboubakar e metendo o dono do lugar, Jackson Martinez, e fazendo sair Marcano (trinco adaptado) para entrar Quintero.

Quintero começou a meter alguma ordem naquele meio campo, com muito bom controle e distribuição de bola e encontrando espaços onde parecia não haver.

Só que pouco depois, Maicon teve uma paragem cerebral, oferecendo a bola ao adversário originando o segundo golo do Shaktar.

Confesso que após o segundo golo não acreditei que fossemos capazes de igualar ou vencer o jogo, mas quando se tem uma equipa muito superior à do adversário e um ponta de lança de classe mundial, aliada a uma crença que gostei muito de ver tudo é possível.

Conseguimos empatar com dois golos do Cha Cha Cha, o que foi um mal menor e que nos permite continuar na liderança do grupo.

Quanto a destaques, para mim Danilo fez uma grande exibição, estando em todo o lado, quer a defender, quer a atacar. Está em grande forma e para mim foi o melhor em campo.

Destaco também Martins Indi, talvez tenha feito umas das melhores exibições de azul e branco.

Tello, que apesar de tudo gostei da exibição, só é pena que poucas vezes decide bem as jogadas. Mas o certo é que as cria e com a sua grande velocidade, fez muitos estragos naquela defesa ucraniana.

Jackson que entrou e marcou dois golos. É um grande ponta de lança e a menos que tenha alguma lesão, nestes jogos tem de jogar sempre de inicio.

Quintero também entrou muito bem criando muitos espaços e muito rematador.

Pela negativa, Lopetegui por mais uma vez surpreender pela negativa no onze inicial. Nada contra Aboubakar, até me parece que tem tudo para ser importante na nossa equipa, mas nestes jogos têm de jogar os melhores.

Óliver e Maicon pelas idiotices que protagonizaram e originaram os dois golos do adversário, principalmente o espanhol que tem de levar um valente puxão de orelhas.

Não fossem esses erros, teríamos provavelmente vencido o jogo com tranquilidade, pelo jogo que fizemos, que na minha opinião, como disse no inicio do post foi o melhor da época, mas com as oferendas até parecia que o Pai Natal tinha chegado à Ucrânia de azul e branco vestido.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s