Dever cumprido

Com um onze completamente diferente do normal, resultante do facto de partirmos para este jogo já com o primeiro lugar garantido, o nosso clube obteve um empate nesta ultima jornada da fase de grupos contra os ucranianos do Shaktar.
Foi um jogo pouco conseguido de nossa equipa, mercê das inúmeras alterações promovidas por Lopetegui, mas que se compreende devido ao facto do jogo importantíssimo que temos no próximo domingo.
Logo ao quarto minuto podíamos ter sofrido não fosse um falhanço escandaloso do jogador ucraniano. No entanto, foi também o pouco que consentimos durante toda a primeira parte. Foram quarenta e cinco minutos com poucas ou nenhumas oportunidades de parte a parte.
Nota negativa desta primeira parte a lesão de Ruben Neves que tão boa conta de si estava a dar.
Uma pena e que espero que não seja nada de grave.
A segunda parte começa com um maior domínio dos ucranianos, a conseguirem trocar a bola no nosso meio campo com alguma facilidade e a explorarem o lado direito da nossa defesa, fruto da falta de rotina de Ricardo no lugar.
Fruto disso e na sequência de um canto, o adversário chega à vantagem com o jogador ucraniano a saltar mais alto que o nosso menos um, Adrian Lopez.
Logo após o golo Lopetegui faz entrar Kelvin para o lugar de Adrian, e finalmente começamos a jogar com onze. Não é que tenhamos começado a jogar melhor, mas pelo menos viu-se alguém a mexer-se naquela posição, ao invés de uma estátua.
E já quando poucos acreditavam, Aboubakar decide protagonizar o momento da noite. Após um ressalto de bola em que esta fica a saltar à frente dele, ainda bem fora da área, o camaronês desfere uma bomba, que só parou no fundo da baliza. Estava feito o empate, que nos permitiu terminar esta fase de grupos sem qualquer derrota, mesmo jogando com uma segunda equipa.
Quanto a destaques individuais, destaco Aboubakar, não só pelo golo, mas também pelo esforço a que foi sujeito todo o jogo, procurando sempre a bola e recuperando-a, muitas vezes ainda no nosso meio campo.
Ruben Neves também esteve bem enquanto esteve em campo, sendo um tampão naquele meio campo.
Marcano enquanto esteve a central também esteve muito bem, assim como Indi.
Pela negativa apenas e só o nosso flop da época, Adrian Lopez. Em quase uma hora que esteve no relvado, apenas se viu um remate à baliza. Tudo o resto foi amorfo, para não falar na passividade demonstrada no lance do golo sofrido.
Em suma foi um jogo pouco conseguido mas que se justifica pelo pouco que havia em jogo e pelas poupanças feitas para o jogo do próximo domingo.
Estamos nos oitavos. Somos a única equipa portuguesa a consegui-lo. Estamos nas dezasseis melhores equipas da Europa, e espero que não fiquemos por aqui. A ver vamos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s