Passamos com distinção!

FC Porto-Basileia (LUSA/ Fernando Veludo)

Foi com um claro triunfo por 4-0 que selamos o apuramento para os quartos de final da Liga dos Campeões.
Se dúvidas houvessem acerca do grande momento de forma que atravessamos, hoje demos uma demonstração cabal disso mesmo.
Temos tornado o difícil, fácil, e dizimado por completo os adversários.
Podem dizer que os adversários que temos jogado são fracos, podem denegrir o que quiserem, enquanto o meu FC Porto continuar a jogar o que tem jogado por mim está tudo bem.
Relativamente ao jogo, tivemos uma entrada algo titubeante, mas que, e à semelhança dos outros jogos, aos poucos fomos tomado conta do jogo.
E foi tanto assim, que pouco antes do quarto de hora do jogo num livre à entrada da área, Brahimi marca. Grande golo do argelino, e estava aberto o marcador.
A partir daí tomamos conta do jogo e tudo parecia encaminhar-se para  uma grande noite europeia. Digo parecia, porque pouco depois, num choque entre Fabiano e Danilo, deixa este último muito mal tratado. Momento de enorme tensão e preocupação em relação ao estado de saúde do brasileiro, mas que parece não ter passado de um susto.
Daí e até ao intervalo o jogo desenrolou-se algo confuso, mas sempre com o nosso domínio.
A segunda parte começa da melhor, quando Herrera faz o segundo num grande golo (mais um). Não podia mesmo ter começado melhor a etapa complementar.
Foi o golo da tranquilidade.
E mais tranquilos ficamos, quando Casemiro na sequência de um livre ainda a meio do meio campo, desfere uma bomba fazendo o terceiro. Mais um grande golo a embelezar ainda mais esta fantástica noite europeia.
O adversário estava anulado, mas mesmo assim ainda tentou algo mais, só que a nossa defesa está muito sólida e pouco ou nada passa ali, e aquando passa, Fabiano tem dito presente.
E a quinze minutos do final Aboubakar pega na bola à entrada do meio campo atacante, leva-a até perto da área sempre a serpentear os defesas contrários e então desfere uma autêntica bomba que só parou no fundo das redes. Estava feito aquele que para mim foi o golo da noite, numa noite em que todos os quatro golos foram de excelente execução.
Em suma, foi uma grande noite europeia, com um resultado condizente com isso mesmo e o consequente apuramento para os quartos de final. Agora estamos nas oito melhores, quem vier será sempre muito difícil, mas a jogar como o temos feito, tenho esperança que até possamos ir mais longe. A ver vamos.
Quanto a destaques, para mim o melhor em campo foi Casemiro. Tem vindo a subir de forma, e com isso vem a confiança. Tem sido menos faltoso, e jogado muito, mas mesmo muito mais.
Brahimi também partiu os rins aos defesas helvéticos, sendo um verdadeiro quebra cabeças.
Aboubakar, pelo grande golo e pelo que lutou, principalmente contra aquele assassino em forma de jogador da bola de nome Walter Samuel.
Toda a equipa esteve muito bem, não consigo descobrir alguém abaixo do bom.
De mau mesmo, só a lesão arrepiante de Danilo e o cartão amarelo a Marcano que o impede de jogar a primeira mão dos quartos de final.
Segue-se agora o Arouca no domingo, onde espero continuar a ver o FC Porto a jogar como tem jogado.
Foi muito bom, muito bom mesmo.
Parabéns rapazes!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s