Bipolaridade!

FC Porto-Belenenses (REUTERS/ Miguel Vidal)Vitória folgada esta a do FC Porto, graças a um inicio de segunda parte a todo o gás e a um super endiabrado Brahimi, que literalmente partiu a loiça toda.

Mas pese embora a tranquilidade que o resultado parece demonstrar, o jogo poderia ter sido complicado, muito por culpa própria, uma vez que, mais uma vez voltamos a mostrar duas caras.

Uma na primeira, de um FC Porto apático, a jogar a passo, à espera que um golo caísse do céu. Fruto dessa apatia, o adversário acabou por beneficiar da primeira grande oportunidade do jogo, quando na marcação de um livre e após um bom cabeceamento do jogador contrário, Casillas viu-se obrigado a fazer uma grande intervenção.

Posto isto, e graças a um Brahimi em modo Champions, lá fomos criando oportunidades para também sermos felizes, mas para além dele, pouco mais.

Ainda na primeira parte, o adversário beneficia de outra grande oportunidade, quando Layun, tal e qual Cissoko na Madeira, deixa a bola sobrar para as suas costas, para os pés de um adversário que desferiu um remate ao poste.

A primeira parte termina com um enorme azar. Maicon, o nosso capitão teve de sair lesionado. Suspeita de rotura. Esperemos que não.

A segunda parte foi bem diferente, pelo menos os primeiros quinze minutos dela.

Assistimos a um FC Porto a jogar bem mais rápido, em progressão, e com isso as oportunidades a surgirem em catadupa.

Brahimi atira à barra, naquela que foi a maior oportunidade antes do golo inaugural que veio a surgir por intermédio de Corona.

Pouco depois o golo de Brahimi, mais que justo diga-se. O argelino tentou de todas as formas e lá conseguiu ser feliz.

A partir daí, voltamos a desacelerar mas já com uma vantagem confortável perante um adversário que baixou os braços, sendo portanto com toda a naturalidade que quer Osvaldo (estreia a marcar) quer Marcano (de canto!!!!!) acabaram por dar volume ao marcador final.

Em suma foi um resultado “gordo”, num jogo morno, onde conseguimos manter a invencibilidade (já vai em 19 jogos sempre a vencer no Dragão e zero golos sofridos em jogos do campeonato) e mais importante, ir para a paragem do campeonato na liderança do mesmo.

Nota negativa para o amarelo a Maxi que o irá impedir de jogar contra o Braga. O homem tem de se habituar a isso. Vestir de azul tem esse problema. Tens de ser mais comedido pá.

Quanto a destaques para mim o melhor foi de longe o argelino Yacine Brahimi. Grande jogo o dele. Partiu os rins aquela ala direita do Belenenses. Tantos nós que eles levaram, que certamente irão precisar de alguns dias para desatá-los.

Corona, que volta a marca (4º em 4 jogos) e com alguns apontamento muito bons na ala.

Marcano muito seguro a defender e ainda com capacidade para ir lá à frente e marcar.

Pela negativa, mais uma vez as bolas paradas, neste caso as defensivas. Somos muito fracos nesses lances. É preciso rever a matéria urgentemente.

Layun a defender. Definitivamente o homem não é grande bisca a defender. Ataca bem, nota-se boa capacidade de ter a bola e criar jogo no ataque, mas na defesa a coisa está muito má.

Vem agora uma paragem do campeonato, para compromissos das seleções, onde espero que nenhum dos nossos venha de lá com mazelas para depois, no próximo dia 25 fazermos a receção ao Braga, num jogo que se antevê bastante complicado, como por norma o são todos contra este adversário.

Until there folks!!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s